Filme solo do Homem-Aranha é mais importante que a aparição do mesmo em Guerra Civil, diz Kevin Feige

Enquanto Kevin Feige divulgava o DVD de Vingadores: Era de Ultron, o mesmo falou sobre a introdução do Homem-Aranha no Universo Cinematográfico da Mar

Enquanto Kevin Feige divulgava o DVD de Vingadores: Era de Ultron, o mesmo falou sobre a introdução do Homem-Aranha no Universo Cinematográfico da Marvel. Conforme ele há muito tempo atrás a Marvel Studios já pretendia usar Peter Parker em suas produções, contudo devido à briga pelos direitos autorais, eles precisaram usufruir das diversas linhas temporais disponíveis.

“Esse era nosso sonho por muito tempo, mas sempre tivemos outros planos de contingência. Será que conseguiremos fazer algo com esse ator? Será que vamos conseguir os direitos de determinado personagem? Se sim, ótimo, faremos isso. Se não, temos essa opção. Sempre trabalhamos com as várias linhas do tempo disponíveis e estávamos prontos para mudar, caso algo acontecesse.”

Kevin também comentou que, o objetivo número um da Marvel é fazer um filme aonde o Homem-Aranha será o protagonista. Segundo Feige, a aparição do cabeça de teia em Capitão América: Guerra Civil terá menos importância do que as ações do herói após ele estar dentro desse universo.

“A coisa toda não é sobre quando ele aparece, mas o que ele faz uma vez que está lá… O ponto mais importante como personagem único é relançar o Homem-Aranha como protagonista de seu próprio filme, com uma história que se encaixe nesse universo. Esse é o trabalho número um para nós… A conexão é ótima, mas não dirige o trem”.

Para encerrar, Kevin Feige elogiou os roteiristas de Capitão América: Guerra Civil (Steve McFeely e Chris Markus) quando o questionaram sobre o exagero de personagens no filme. De acordo com o presidente, os roteiristas conseguem dar aos personagens papéis importantes, porém sem o uso de narrativas enormes.

captain-america-civil-war-poster-wallpaper-captain-america-civil-war-black-panther-ver-432424

O filme solo do Homem-Aranha tem sua estreia agendada para 2017 e terá como roteiristas John Daley e Jonathan Goldstein, o herói será interpretado por Tom Holland. O longa não contará a história do personagem, que aparecerá em Capitão América: Guerra Civil (estreia marcada para maio de 2016) onde já estará na ativa a mais de um ano.

Visite nossa loja

Visite nossa loja

Sigam-nos os bons