Estreia: O Hobbit – A Batalha dos Cinco Exércitos é o destaque da semana

O Hobbit – A Batalha dos Cinco Exércitos é a grande estreia da semana e tem tudo para liderar as bilheterias até o final de 2014.

Depois da pré-estreia exclusiva para os espectadores da CCXP (evento épico que participamos como expositores e cobrimos conforme você pode ver nos links aqui, aqui e aqui), finalmente a última parte da trilogia do prequel de O Senhor dos Anéis chega aos cinemas. E, como não poderia deixar de ser, O Hobbit – A Batalha dos Cinco Exércitos é a grande estreia da semana e tem tudo para liderar as bilheterias até o final de 2014.

A história de “O Hobbit – A Batalha dos Cinco Exércitos” se passa 60 anos antes da saga do Um Anel e mostra a inesperada aventura de Bilbo Bolseiro, tio do jovem Frodo, ao lado do mago Gandalf, do anão Thorin Escudo de Carvalho e seus 13 companheiros, no resgate de um tesouro da família de Thorin, que foi roubado pelo temido dragão Smaug. Diferente do filme anterior, arrastado, com cenas longas, pouca ação e um final broxante, esse novo longa de Peter Jackson tem ação até demais, ritmo frenético e um final apoteótico. Os fãs da saga criada por J. R. R. Tolkien vão amar a grande estreia dessa semana.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=VKkFW5TTB6g&w=560&h=315]

Direção: Peter Jackson
Roteiro: Fran Walsh, Guillermo del Toro, Peter Jackson e Philippa Boyens
Elenco: Adam Brown, Aidan Turner, Andy Serkis, Barry Humphries, Benedict Cumberbatch, Bret McKenzie, Cate Blanchett, Christopher Lee, Conan Stevens, Elijah Wood, Evangeline Lilly, Graham McTavish, Hugo Weaving, Iam Holm, Ian McKellen, James Nesbitt, Jed Brophy, Jeffrey Thomas, John Callen, Ken Stott, Lee Pace, Luke Evans, Mark Hadlow, Martin Freeman, Michael Mizrahi, Mikael Persbrandt, Orlando Bloon, Peter Hambleton, Ray Henwood, Renee Cataldo, Richard Armitage, Robin Kerr, Ryan Gage, Saoirse Ronan, Stephen Hunter e Sylvester McCoy.

As Aventuras do Avião Vermelho
Já essa outra estreia é voltada ao público infantil. Nessa animação brasileira, o jovem Fernandinho, um garoto de 8 anos, se isolou e começou a ter problemas de relacionamento após a recente morte da mãe. Sem saber como lidar com a triste situação, o pai tenta conquistá-lo com presentes, mas nada funciona até o menino receber do seu pai um livro de quando ele era garoto. Fascinado com a história, Fernandinho decide que precisa de um avião para salvar o Capitão Tormenta – aviador personagem do livro, que está preso no Kamchatka. A bordo do Avião Vermelho e junto com seus brinquedos favoritos, Ursinho e Chocolate, que ganham a vida com sua imaginação, Fernandinho visita lugares inusitados, como a Lua e o fundo do mar, e percorre diferentes territórios – África, China, Índia, Rússia. Ao longo dessa jornada, ele descobre o prazer da leitura, a importância de ter amigos e o amor do pai. O longa conta com as vozes dos atores Milton Gonçalves, Lázaro Ramos, entre outros.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=XJp2oHKAhUM&w=560&h=315]

Direção: Frederico Pinto, José Maia
Elenco: Pedro Yan, Milton Gonçalves, Lázaro Ramos, Fernando Alves Pinto, Wandi Doratiotto.

Mommy
O mais novo filme de Xavier Dolan que estreia no Brasil nesse final de semana conta a história de Diane Després (Anne Dorval), uma viúva que se sente sobrecarregada por ter que criar sozinha o filho Steve (Antoine-Olivier Pilon), um jovem rebelde, violento e problemático. Em um ato de coragem, ela acaba tirando o garoto da escola e acaba surpreendida pela boa vontade de Kyla (Suzanne Clément), sua vizinha e professora, que demonstra interesse em ajudar essa complicada família.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=w_6qaYPwt7s&w=560&h=315]

Direção e roteiro: Xavier Dolan
Elenco: Alexandre Goyette, Anne Dorval, Antoine-Olivier Pilon, Isabelle Nélisse, Michèle Lituac, Natalie Hamel-Roy, Patrick Huard, Pierre-Yves Cardinal, Suzanne Clément, Vincent Fafard e Viviane Pascal.

Esse Viver Ninguém me Tira
Aracy Moebius de Carvalho foi chefe do setor de passaportes do consulado brasileiro em Hamburgo, na Alemanha. Lá, além de conhecer, ele se apaixonou pelo escritor Guimarães Rosa e acabou ajudando vários judeus a emigrarem para o Brasil, escapando do nazismo. Aracy faleceu esquecida, vítima do Alzheimer, mas permanece viva na memória daqueles que só existem hoje graças a sua insubordinação. O documentário reconstrói toda a trajetória de Aracy, mostrando a coragem e as ações dessa heroína. No vídeo abaixo, o diretor Caco Cioler fala sobre a estreia desse documentário.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=1dq38u2gVT0&w=560&h=315]

Direção: Caco Ciocler
Roteiro: Alessandra Paiva, Caco Ciocler, Caroline Leone, Mariela Falatycki
Produção: Mônica Monteiro

Visite nossa loja

Visite nossa loja

Sigam-nos os bons