Santos Comic Expo 2014: Confira a programação completa do evento que acontece amanhã

SCCPelo segundo ano consecutivo será realizado na Baixada Santista a Santos Comic Expo (Santos Comic Con para os íntimos). O evento, que segue os moldes das tradicionais feiras americanas, é voltada ao público nerd e geek de todas as idades, fãs de quadrinhos, games, TV, música e cinema. A LIGA NERD novamente será uma das expositoras do evento que acontece nesse sábado, dia 22 de novembro, a partir das 10h, no Centro Cultural Patrícia Galvão.

A Santos Comic Expo 2014 contará com a presença dos artistas Alexandre Bar, Aluísio C. Santos, André Alonso, André Farias, Bruno Bispo, Cadu Simões, Christiano Flexa, Clayton InLoco, Daniel Esteves, Denis DYM, Diego Sanches, Digo Freitas, Eduardo Ferigato, Eduardo Schaal, Emílio Baraçal, Fábio Coala, Flávio Calazans, Flávio Luiz, Gabriel G. Sampaio, Geanes Holland, Giorgio Cappelli, Hector Lima, Herbert Berbert, Júnior, Leandro Altafim, Luiz Gustavo, Magno Costa, Marcelo Costa, Marcatti, Marcelo Alencar, Marco Oliveira, Mario Cau, Paulo César Santos, Paulo Siqueira, Rafael Marçal, RB Silva, Renato Guedes, Roberto de Souza, Robson Reiz, Thiago Ribeiro, Vencys Lao, Victor Freundt, Wellington Diaz, Will e Zé Márcio Nicolosi. Os editores Alexandre Callari (Panini/DC Comics), Cassius Medauar (JBC), Maurício Muniz (Gal Editora e Mundo Nerd) e Paulo Maffia (Editora Abril) também marcam presença.

Santos Comic Con Liga NerdAlém da LIGA NERD, os estandes da Santos Comic Expo 2014 serão ocupados pela Nerd Attack, Banca Estátua, Sebo Multiverso, Superbanca Superamigos, Comic Hunter, Drunk Monkey, Empório HQ, Mundo HQ, Pop Art’s e Mercado Otaku.

As exposições serão por conta do Antiquário Tudo Para Todos, do Posto Avançado da Baixada Santista de Guerra nas Estrelas e Quanta Academia de Artes com “A Gente Nunca Cresce”. Também estarão presentes A Escola Oficina, KROM Studio, Wednesday’s Heroes, Supernova Produções, CaCos Project, os alunos do curso Mangarte, o pessoal do Caricartoons e card games.

A Santos Comic Expo 2014 é organizada pelo grupo de fãs da região OS Guerreiros, tem o patrocínio da Funchal Transportes, Estácio & Lima, Bar do Pedro e Ecotur Peruíbe, com apoio da ASSOJUBS, Editora Abril, Factor Business Solutions, 4net, Instituto Querô, Flexa Arts, Kaleo Contabilidade, Sabesp e Prefeitura Municipal de Santos, através da SECULT – Secretaria de Cultura de Santos.

SERVIÇO Evento: SANTOS COMIC EXPO 2014
Data:
22 de novembro
Horário: das 10h às 20h
Local: Centro de Cultura Patrícia Galvão – Av. Senador Pinheiro Machado, 48 – Vila Mathias, Santos – SP
A entrada é GRATUITA.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA
Abertura do evento: 10h
10h10 – Apresentação de dança de mortos-vivos ao som de “Thriller”.
10h30 – Banda Master – Tema de Superman, o filme.

Painéis
11h – A PRATA DA CASA: QUADRINISTAS DA REGIÃO
mediador:
Thiago Cardim
Fábio Coala, Emílio Baraçal, Clayton inLoco, Victor Freundt, Bruno Bispo e André Alonso
Ao andar tranquilamente pelas ruas da região, preste atenção, ao seu lado pode estar a chance de conhecer um grande artista! Projetos autorais, independentes, webcomics, tiras, Marvel, DC, e muitas outras referências: nossa região conta com talentos o suficiente para montar uma seleção brasileira dos Quadrinhos! Saiba quem são, e conheça seus projetos!

12h – SUPERNOVA
mediador:
Emílio Baraçal
Denis DYM, Thiago Ribeiro e Geanes Holland
Nova Iorque, Costa Oeste, Gotham City… lugares reais ou fantasiosos que povoam nossa imaginação, com personagens saltando seus edifícios e tornando o mundo melhor ou quem sabe, mais mágico. Mas o que aconteceria se um universos de super-heróis existisse aqui no Brasil, ou melhor, em sua cidade? Os criadores da Supernova Produções falam sobre os desafios e os objetivos conquistados a caminho de tornar esse sonho uma realidade!

13h – A HORA DOS INDEPENDENTES
mediador:
Hector Lima
Marcatti, Magno Costa, Flávio Luiz e Mario Cau
As mídias estão fervilhando com personagens com décadas de existência, criados em grandes empresas. Mas uma arte não se renova ou encontra sua expressão máxima apenas nas grandes empresas do ramo. Antes e sobretudo, as ideias mais originais e ousadas são realizadas por quem veste o balão e o nanquim e faz seu próprio caminho, ou quadrinho. Cada vez mais, os quadrinhos independentes ganham seu destaque e se você não conhece esses autores e suas geniais produções, já está mais do que na hora!

14h – DISNEY – 80 ANOS DE PATO DONALD
mediador:
Cláudio Basílio
Paulo Maffia e Marcelo Alencar
Ao acordar pela manhã, em algum canal à tarde, ou mesmo de madrugada, ao ligar a tv. Em qualquer banca. Gerações não podem negar e se rendem, muitas vezes começando o hábito de ler e conhecer histórias graças aos personagens da Disney, Neste ano, o PATO DONALD faz seu aniversário de oito décadas, e se você não sabe, precisa descobrir porque este pato rabugento e espertalhão continua a fascinar e conquistar leitores por todo o mundo.

15h – QUADRINHOS NA MÍDIA
mediador:
Renan Frade
Alexandre Callari, Maurício Muniz e Cassius Medauar
Entre tantas séries, animadas ou não, games e produções cinematográficas, muito está sendo produzido como notícia e muitos veículos de comunicação e produtos midiáticos tem surgido com foco nas HQs. Isso leva a duas perguntas: Como manter as publicações interessantes nesse admirável (ou temível) novo mundo para os fãs? E qual seria o próximo passo para manter o hype? As decisões, as escolhas, os grandes poderes e responsabilidades de profissionais fundamentais para qualquer história: os editores.

16h – ANIMAÇÃO MADE IN BRAZIL
mediador:
Cláudio Basílio
Vencys Lao, Zé Márcio Nicolosi e Paulo Martini
Quadrinhos foram feitos para que pudéssemos completar os movimentos com a nossa imaginação. Para quem cria ou aprecia esses verdadeiros storyboards sofisticados, não fica muito longe ir além e considerar como seria criar histórias com som e movimento. Já pensou em trabalhar com animação? Quer conhecer os bastidores e como são suas possibilidades aqui mesmo em nosso país? Conheça aqui quem trabalha nesse mercado tão sonhado e que hoje desenvolve e pensa as animações de brasileiros para brasileiros.

17h – Concurso de cosplay
O TEAM COSPLAY da Santos Comic Expo passará o dia entretendo o público com diversas gincanas, mas também possui sua programação própria:
– Apresentação de dança: grupo Datenshi
– Concurso de melhor Cosplay do evento

18h – CONTAMINAÇÃO: CONVERSANDO SOBRE ZUMBIS
mediador:
Fidélis Martuscelli
Alexandre “Bar”, Daniel Esteves, Alexandre Callari e Victor Freundt
A febre dos mortos-vivos tomou conta de muitas manifestações artísticas e de entretenimento nos dias de hoje. Mas muitas das histórias responsáveis por essa onda de terror que nos diverte e fascina cada vez mais são originadas nos quadrinhos. Como escrever uma boa história com zumbis? E como fazer ela sobreviver ou ganhar vida nesta ou em outras mídias? Dos Quadrinhos ao Cinema, venha saber mais ou seja devorado pela curiosidade!

19h – MERCADO AMERICANO DE QUADRINHOS
mediador:
André Jorge
Paulo Siqueira, RB Silva e Denis DYM
Para muitos fãs e jovens talentos sonhadores, trabalhar em empresas americanas tais como a Marvel, a DC, a Image, ou a Dark Horse, entre outras, parece uma escalada maravilhosa ao Olimpo. Mas o que será preciso para entrar nesse mercado extremamente disputado? O que fazer, Como ele é na verdade? Onde encontrar os artistas nacionais que desenham os super-heróis famosos mundialmente? Com a palavra, alguns dos maiores talentos brasileiros hoje no mercado americano.

PERFIS DOS CONVIDADOS

Alexandre “Bar” – Nascido e criado em Santos, Alexandre “Bar” Barbosa se formou em Publicidade e trabalhou como chargista, ilustrador, quadrinista e crítico de quadrinhos no jornal A Tribuna de Santos. Apesar da longa e bem sucedida carreira acadêmica, ele não se afastou de sua grande paixão, que são a Ilustração e os Quadrinhos. Vários livros de Fantasia e Ficção contam com a sua arte, e entre seus trabalhos em quadrinhos estão a “Santos na Mira dos Piratas”, “A Saga de Martim Afonso de Souza”, “José Bonifácio – O Desbravador”, além de cinco participações em livros acadêmicos sobre quadrinhos em conjunto com o pessoal do Observatório de Quadrinhos da USP.
Alexandre Callari – Apaixonado por artes marciais, contumaz colecionador de quadrinhos, membro do videocast “Pipoca e Nanquim” e editor da Panini, Alexandre Callari possui uma longa e bem-sucedida carreira literária, marcada pelas traduções de autores do calibre de Robert Ervin Howard (o criador de Conan, o Barbáro) e por obras próprias, como a série “Apocalipse Zumbi”, uma das pioneiras do gênero na Língua Portuguesa.
Aluisio Cervelle Santos – trabalhou na HQ “Rockstar” do projeto “Zuda Comics” (da DC Comics) e em 2012 lançou em parceria com o escritor Kurts Wiebe o quadrinho autoral “Grim Leaper”, pela Image Comics.
André Alonso – Natural de Santos, o editor e roteirista André Alonso lançou em 2013 “Tirânica”, graphic novel marcada por uma série de reflexões sobre a busca da liberdade em um regime ditatorial. Este ano ela está em vias de lançar “Egum”, uma hq protagonizada por um improvável anti-herói brasileiro.
André Farias – Roteirista por trás de obras de animação como “Crássicos da Periferia”, vencedora do Anima Mundi em 2001 na categoria Melhor Vídeo Brasil e consultor de projetos de audiovisual e quadrinhos, André Farias recentemente lançou em parceria com o desenhista Paulo César Santos, “Draconian”, uma graphic novel que explora a mitologia dos vampiros dentro do ambiente urbano dos dias de hoje.
Bruno Bispo – Professor de Artes em escolas públicas do estado de São Paulo e da Prefeitura Municipal de Santos, Bruno Bispo produz histórias em quadrinhos em parceria com o artista Victor Freundt sob o selo BispoFreundt desde 2009, publicadas tanto no Brasil quanto em Portugal, passando por revistas como “Subversos”, “A3”, e as BDs do projeto Zona. Em 2013 a dupla foi indicada ao prêmio Central Comix (Portugal), na categoria Melhor Obra Curta com a HQ “TAO”.
Cadu Simões – Formado em História, Cadu Simões iniciou a sua carreira como escritor de quadrinhos em 2000, e chamou a atenção do público através do “Homem-Grilo”, trabalho que o fez ser agraciado em 2008 com o Troféu HQMIX na categoria “Roteirista Revelação”. Entre um trabalho e outro para o mercado publicitário, para a grande imprensa e palestras de roteiros, produção de hq’s independentes e de webcomics, Simões teve tempo para ser membro fundador da “Sócios Ltda.” e do “Quarto Mundo”, coletivos de artistas que visavam a divulgação e publicação de quadrinhos independentes. Hoje, ele administra o “Petisco”, um site dedicado a publicação de hq’s na internet.
Camila Torrano – Quadrinista, ilustradora e artista plástica, fascinada por explorar todos os espectros dos medos humanos através destes meios. Publicou em diversas revistas independentes (“Quadreca”, “Garagem Hermética”, “Cão”) e lançou em 2012 seu primeiro trabalho solo, “A Travessia” (Escrita Fina Edições).
Carlos Grecco – Desenhista e Escultor de heróis e vilões na Krom Studio, com um resultados de impressionante realismo.
Cassius Medauar – Jornalista com passagens pelas editoras Abril, Conrad, Pixel e Ediouro, Medauar também atuou como tradutor de obras jornalísticas, literárias e quadrinhos. Hoje, trabalha como Gerente de Conteúdo da Editora JBC, uma das principais editoras de mangá do país.
Christiano Flexa – Diretor de Arte na empresa On Comunicação Integrada, Christiano Flexa é formado em Publicidade e tem mais de 20 anos de experiência profissional. Em 2000, ganhou o Troféu HQ Mix na categoria “Valorização da HQ”, junto com outros ilustradores da região, pela série “São Vicente – A Primeira Sempre”. Contribuiu na arte do RPG “Neokosmos” da Krypteia Estúdio Criativo. Atualmente, Flexa é professor na Unidade Santos da Escola Oficina de Artes e faz parte do grupo de produção de ‘commissions’, Wednesday’s Heroes. Além de desenhar, Flexa também é fotógrafo sob o selo FlexaArts.
Clayton inLoco – Natural da Baixada Santista, Clayton inLoco se formou na Quanta Academia de Artes, e entre aulas de dança de salão e palestras e cursos sobre quadrinhos, ele achou tempo para criar “Hurulla”, uma hq protagonizada por um herói que vive em mundo repleto de feitiçaria, mistérios e perigos.
Daniel Esteves – Roteirista e professor de histórias em quadrinhos na escola HQ em FOCO. Membro do coletivo de quadrinhos PETISCO.
Participou de várias HQs nacionais, tais como: FRONT, Quadreca, Garagem Hermética, Quadrinhópole, Subversos, Café Espacial, Prática de Escrita: HQs, Jam, Calafrio, Zumbis e outras criaturas das trevas, Petisco Apresenta Volume 01, Quatro Estações, Entre 4 Linhas, entre outras.
Criador, editor e roteirista da série Nanquim Descartável, com quatro volumes lançados, vencedora duas vezes do HQMIX em categoria de publicação independente.
Editou e escreveu os quadrinhos: Três tiros e dois otários; O Louco, a Caixa e o Homem (vencedor do HQMIX 2012 de melhor Publicação Independente Edição Única); KM BLUES (contemplado com o Proac de HQs e vencedor do troféu HQMIX 2013 de melhor Publicação Independente Edição Única); São Paulo dos Mortos (financiado através de crowdfunding); e mais recentemente Pelota – Futebol e Quadrinhos.
Ganhador do Troféu HQMIX 2007 de ROTEIRISTA REVELAÇÃO e do troféu Angelo Agostini 2009 e 2012 de melhor ROTEIRISTA NACIONAL.
Pela editora Nemo lançou as HQs: As Aventuras do Capitão Nemo: Profundezas (2013), A Luta contra Canudos (2014) e A Herança Africana no Brasil (ainda inédito).
Denis Dym – Além de atuar como palestrante de quadrinhos na Baixada Santista, Denis DYM é artista da Space Goat Productions desde 2011, e trabalhou em títulos como: “Vision Machine” (quadrinhos independente escrito por Greg Pak), “Justiça Sideral” (outro independente escrito por Deyvison Manes), “Percy Jackson”, “EON Quest”, “Secret Family”, “CrazyEight”, “Dungeon Siege”, “Star Wars – Darth Vader & the 9th Assassin”, “HALO” (pela Dark Horse), “Arkanus” e “ANARQUIA” pela Supernova Produções (escrito por Emilio Baraçal), “Action Comics – Jimmy Olsen” e “Superboy” (em parceria com o desenhista RB Silva) e atualmente em “Person of Interest” e “Smallville – Alien” para a DC Comics.
Diego Sanches – desenhista que durante oito anos trabalhou na Editora Abril e hoje atua no desenvolvimento de games para tablets e celulares.
Digo Freitas – Morador de Campinas, Digo Freitas é Ilustrador e quadrinista. Seus trabalhos são focados em: ilustração para material didático, livros, revistas, publicidade, mascotes, caricaturas, tirinhas e histórias em quadrinhos. Publicou por três anos a webcomic “Esboçais” e atualmente seus quadrinhos são publicados na revista MAD e no seu novo site. Desde 2013 integra a equipe do podcast Café com HQ, focado em webcomics. Também possui um canal no YouTube onde recomenda e avalia quadrinhos famosos e independentes, chamado Digo KH Regra.
Eduardo Ferigato – Atuando na área de Ilustração e Storyboards, em 2012 liderou o projeto “Feira da Fruta”, uma webcomic coletiva que homenageou o seriado televisivo do Batman dos anos sessenta.
Eduardo Schaal – Atualmente exercendo o cargo de diretor de arte da Top Free Games (estúdio criador de vídeo games), Schaal trabalhou com ilustração e Computação Gráfica para inúmeros clientes nos EUA, Reino Unido e Brasil.
Emílio Baraçal – Escreve desde 1996, trabalhando com roteiro audiovisual. Estudou Quadrinhos no SESC-Santos e na Quanta Academia de Arte. Atuou como redator de inúmeros sites, como A ARCA, Judão, Soc Tum Pow, entre outros. Criou o curso de roteiro da Tecnoponta Treinamento e da Escola Oficina de Artes, onde atualmente dá aulas. Realizador de várias oficinas e palestras culturais relacionadas a quadrinhos, cinema e TV em eventos e faculdades, Baraçal também trabalhou como tradutor de roteiros para a Glass House Graphics, empresa que agencia quadrinistas brasileiros no exterior. Fez o mesmo (e ainda foi agente) na Space Goat Productions, outra empresa do gênero. Encabeça, junto a outros artistas, o grupo Supernova Produções, que desenvolve trabalhos autorais e independentes, como “Anarquia”, “Cosmos”, “Arkanus”, “Os Bandeirantes”, “Entropia” e “Bala Perdida”.
Fábio Coala Cavalcanti – É formado em Publicidade e há mais de vinte anos trabalha com Ilustração e quadrinhos, sendo o responsável pelo site “Mentirinhas”, onde diariamente publica tiras, charges e hq’s. Em 2014 foi agraciado com o Troféu HQMIX na categoria “Publicação Independente em Edição Única” pela graphic novel “O Monstro”.
Felipe Cunha – Desenhista, membro do selo Fictícia de quadrinhos lançou “Sabor Brasilis”, primeiro álbum por uma editora – a Zarabatana Books – em 2013. Recentemente, vem contribuindo com pin-ups para projetos como a série “The Legend of Luther Strode”, da Image Comics, e “In The Dark”, da IDW Publishing. Participa também do livro “Mônicas”, comemorativo dos 50 anos da personagem de Mauricio de Sousa.
Felipe Nunes – Felipe Nunes tem 19 anos, é quadrinista, ilustrador e cursa design gráfico. Começou a trabalhar em 2010 e desde então colaborou com revistas como Recreio, Mundo Estranho, MAD, Runner’s World, entre outras. Como quadrinista, publicou dois quadrinhos independentes: “SOS”, em 2011, que concorreu ao Troféu HQ MIX de Melhor Publicação Independente de Autor; e “Orome – vol. 1”, em 2013. Faz parte do coletivo Loki e sua primeira graphic novel, Klaus, sai em novembro pela Balão Editorial.
Flavio Calazans – Tradutor, Doutor em Comunicação pela USP e um dos maiores especialistas brasileiros em Semiótica, Flávio Calazans é dono de uma notável carreira acadêmica, carreira essa com vários trabalhos publicados no Brasil e no Exterior e que passa por diversos temas, entre eles Literatura, Teatro, Midiologia, Biomidiologia, Artes Visuais e Internet. Escreveu vários livros como “Histórias em Quadrinhos no Brasil: Teoria e Prática” e “História em Quadrinhos na Escola”. Como quadrinhista trabalhou nas revistas “Aventura e Ficção” da Editora Abril, “Brazilian Heavy Metal” e “Porrada!”, além da revista “Barata” entre 1979 e 2000. Publicou seus álbuns de quadrinhos “Guerra das Ideias”, “A Guerra dos Golfinhos”, “A Hora da Horta” e “Absurdo”.
Flavio Luiz – Natural de Salvador, Flávio Luiz foi premiado em diversos salões de humor, em especial no de Piracicaba, onde foi agraciado nas categorias “Cartum” em 1994 e “Charge” em 2000. Atuando durante muitos anos em trabalhos publicitários e editoriais, hoje como free-lancer ele se dedica aos seus trabalhos autorais em quadrinhos, marcado por obras como “Aú, o capoeirista”, “O Cabra”, “Jayne Mastodonte” e “Rota 66”.
Gabriel Godinho Sampaio – Apaixonado por Literatura Fantástica e Ficção Científica, o professor de línguas e tradutor Gabriel Godinho Sampaio escreveu aos 16 anos seu primeiro livro – Exídium. Recentemente, lançou em parceria com os escritores Julio Cesar Samuel, Fernando Possidente e o ilustrador Diego Costa Freitas, o livro “Warworlf”, focado na temática dos lobisomens.
Geanes Holland – Desenhista, arte-finalista e colorista, 32 anos de idade, residente em Itatiba /SP. Formado em Educação artística pela FESB Bragança Paulista. Já fez de tudo na área do desenho, caricatura, aerografia, retratos, plantas baixas para engenharia, ilustração de revistas infantis, vitralismo religioso. É atualmente agenciado pelo Studio Impacto Quadrinhos e já fez o titulo Miami Vice, da Lion Forge Comics, para os EUA. É membro da Supernova Produções, ajudando a desenvolver séries como Anarquia, Arkanus, Os Bandeirantes e Cosmos.
George Schall – É um autor paulistano de 28 anos cujos trabalhos podem ser acompanhados na revista mensal “Dark Horse Presents” e nas graphic novels “Moschitto” e “Sabor Brasilis”. Também trabalhou na graphic novel coletiva semi-autobiográfica do escritor novaiorquino Seth Kushner intitulada “Schmuck”, nas coletâneas brasileiras “MSP Novos 50” e “INKSHOT” e na americana “In The Dark”. Lançará em 2015 “Hitomi” pela Fictícia.
Giorgio Cappelli – Formado em Propaganda e Marketing, Giorgio Cappelli escreveu a tira “Pet Shop Guys” para o jornal “O Estado de Mato Grosso” e fez o mangá erótico-humorístico “Bárbara, a Bárbara” para a revista “Japan Sex Show” da Editora Vertical, na década de 1990. Escreveu contos de terror nos livros “Necrópole – Histórias de Fantasmas” e “Necrópole – Histórias de Vampiros” da Editora Alaúde, e o roteiro de “Primeiro Dia” da Pinóia Filmes. Neste ano, lançou pela Editora Bila, o álbum em quadrinhos “Rastreadores da Taça Perdida – O Segredo da Jules Rimet”.
Hector Lima – Hector Lima é roteirista de Quadrinhos como “Sabor Brasilis”, “Turma da Mônica”, “Necronauta”, “O Major” e “Zumbingo”, além de ter sido organizador da coletânea “Inkshot”. Também editor, tradutor, DJ e criador de conteúdo para sites e marcas, Lima está em vias de lançar “Barão Macaco”, graphic novel que visa a atualização de conceitos de anti-heróis pulp clássicos como O Sombra, Fantasma, Aranha, Besouro Verde, Batman e o brasileiro Garra Cinzenta.
Herbert Berbert – Nascido em São Paulo, desenha desde criança, mas só em 2011 após um acidente, começou a produzir quadrinhos como terapia e não parou mais. Atualmente continua sofrendo acidentes dos mais incomuns, é ilustrador freelancer e faz quadrinhos independentes. Participou da revista “Madbox”, realizada em parceria com a Prefeitura Municipal de Piracicaba e a HQ Tudo já foi Dito de Pedro Balboni, além de diversas exposições físicas e virtuais.
Júnior – José Leite Siqueira Júnior é professor de HQ e Roteiro de HQ na cidade de Santos desde 1989, tendo ministrado seu curso em vários locais, tais como o SESC – Santos, a Galeria Santista de Arte, entre outros.
Foi o criador das oficinas de desenho ministradas até hoje na Gibiteca Municipal Marcel Rodrigues Paes.
Colaborou com várias publicações como crítico de quadrinhos, tais como o Jornal de Cultura Art News, a revista Porrada! Special e o site Histeria, só para citar alguns.
Atualmente está elaborando um livro sobre a criação de Histórias em Quadrinhos e seu processo de execução (entre um ensaio de sua banda e outro).
Leandro Altafim – Viajou por várias cidades do Japão, inclusive visitando o distrito de Akihabara, considerado o centro cultural otaku em Tóquio. Professor no curso Mangarte pela SECULT – Secretaria de Cultura de Santos, Altafim vem produzindo obras como “Shadday”, junto com Denis DYM e Arnaldo P. José, e também “Vanguard Stories” e “One-Wo.”
Luiz Gustavo M. Pereira – Santista da gema, Luiz Gustavo M. Pereira é um apaixonado por Cultura Pop que desde jovem participou de inúmeros projetos, como o “Grupo Famigos”, “Jogo de Cartas do Hyper Trunfo”, “Warwolf”, entre outros. Hoje, ele é o principal responsável por “Trindade”, um projeto multimídia inspirado em “Star Wars” e “Senhor dos Anéis” que reúne elementos de Ficção Científica e Fantasia.
Magno Costa e Marcelo Costa – Nascidos no Paraná, os irmãos gêmeos Magno e Marcelo Costa sempre trabalharam em parceria, e em 2011 lançaram as HQs “Matinê” (em processo de adaptação para o cinema) e “Oeste Vermelho”, sendo que graças a esta eles recebem em 2012 o Troféu HQMIX de “Novo Talento – Desenhista”. Em 2013 Magno lançou a HQ muda “Mary”, e participou dos livros “Ícones dos Quadrinhos” e “Mônica(s)”, e novamente com o irmão produziu “A Vida de Jonas”, uma elogiada graphic novel que trata sobre a vida de um ex-alcoólatra em busca da recuperação do vício.
Marcatti – Considerado um dos maiores representantes dos quadrinhos underground brasileiro, Francisco A. Marcatti Jr. iniciou sua carreira nos anos setenta, mostrando a sua arte “escatológica” em várias HQ’s autorais e capas de discos. Colaborou com a revista MAD e hoje mantém uma forte produção independente.
Marcelo Alencar – Editor, jornalista, tradutor, critico e escritor, Marcelo Alencar teve passagens pela Editora Abril e pelo jornal Estado de São Paulo, além de atuar na organização de dezenas de oficinas de quadrinhos. Atualmente é editor de conteúdos educativos na Fundação Padre Anchieta, a mantenedora da TV Cultura, e é considerado um dos maiores especialistas brasileiros em Disney, trabalhando como free-lancer na tradução de quadrinhos do Mickey, Pato Donald e Cia. para a Editora Abril.
Marco Oliveira – O trabalho com quadrinhos de Marco Oliveira no site “Overdose Homeopática” obteve grande destaque na internet, que foi coroado em 2014 com o Troféu HQMIX na categoria “Web Tiras”. Recentemente, em parceria com o roteirista Marcelo Saravá lançou a graphic novel “Aos cuidados de Rafaela”, que trata sobre a obsessão de um jovem rapaz pela cuidadora de sua mãe idosa.
Mario Cau – Atuando desde 2007, Mario Cau mostrou o seu talento em diversos trabalhos de quadrinhos, chegando a fazer parte do time de artistas responsáveis pela coletânea “MSP+50”, que mostrava uma nova visão para os personagens de Mauricio de Sousa. Em 2014, foi premiado com o Troféu HQMIX em duas categorias: “Melhor Web Comic” pela série “Terapia” (criada em parceria com os roteiristas Rob Gordon e Marina Kurcis e publicada no site “Petisco”) e “Melhor Adaptação para Quadrinhos” com o “Dom Casmurro”, feita em parceria com Felipe Greco. Neste ano também lançou o novo trabalho independente chamado “Morphine”, que retoma a linha de histórias urbanas, cotidianas e poéticas.
Maurício Muniz – É jornalista e editor de livros e quadrinhos. No meio da década de 1990, foi colunista da revista Wizard, da editora Globo. Em 1997, passou a editar quadrinhos para várias editoras e, entre as séries nas quais trabalhou estão Sandman, Sin City, Preacher, Star Wars, Hellblazer e Transmetropolitan. Foi responsável por trazer ao Brasil alguns dos quadrinhos mais aclamados dos últimos anos, como A Liga Extraordinária, Authority, Planetary, Tom Strong, Halo Jones, Zenith e O Corvo. É colaborador da revista Mundo dos Super-Heróis, produz revistas e quadrinhos institucionais e edita os álbuns da Gal Editora, como Fracasso de Público, Filósofos em Ação e Invasão dos Mortos. É coautor do livro Vampiros na Cultura Pop, da Editora Europa, além de ser editor da revista Mundo Nerd.
Paulo Cesar Santos – O ilustrador Paulo Cesar Santos que atuou como professor na Escola Oficina de Artes de 1998 a 2012, e nesse tempo mostrou seu talento em diversos projetos relacionados a storyboards, ilustrações editoriais, livros didáticos e institucionais e e-learning. Já lançou HQs no mercado americano: “Vampires Unlimited” pela Approbation Comics e “One” pela A-List Comics. Também trabalhou como roteirista e desenhista na animação “Crássicos da Periferia” (pelo qual foi premiado com o Anima Mundi em 2001 na categoria Melhor Vídeo Brasil), e recentemente lançou em parceria com o escritor André Farias a graphic novel “Draconian”, protagonizada por vampiros dentro do ambiente urbano do início do século XXI.
Paulo Maffia – Jornalista com passagens pelo “O Estado de São Paulo” nos anos noventa, Paulo Maffia trabalha na Editora Abril desde 1995. Em 2004 se tornou o responsável pela seleção editorial e pelos projetos relacionados às histórias da Disney.
Paulo Siqueira – Com larga experiência no mercado editoral americano, o santista Paulo Henrique Vilarinho Siqueira iniciou sua carreira internacional na Avatar Press, e posteriormente desenvolveu vários projetos para a Marvel, como em “Spider-Man” e “Ms. Marvel”, e para a DC Comics, onde vem trabalhando ultimamente, como em “Superman/Wonder Woman”, “Secret Origins” e “Earth 2 – World’s End”.
Rafael Marçal – Faz quadrinhos desde 2009. Seu site, os Proféticos, mostra bem suas características: Infâmia, Cretinice, Experimentalismo visual e uma pitada de humor bocó.
Sua obra envolve duas coletâneas lançadas de maneira independente, colaborações para a Revista Mad e artigos falando de si mesmo em terceira pessoa.
Resumindo: Marçal é um esquizofrênico mentiroso que conta suas histórias em quadrinhos.
R.B. Silva – Rubens Bernardino da Silva nasceu em Santos e sua paixão por quadrinhos foi tamanha que, após vários anos de estudo e dedicação, em 2009 ele obteve seu primeiro trabalho profissional na Marvel desenhando as séries “TimeStorm” e “War Machine”. Posteriormente, ele trabalhou com o escritor Greg Pak na graphic novel “Vision Machine” e hoje trabalha com exclusividade para a DC Comics, onde obteve destaque desenhando a série “Superboy”.
Roberto de Souza – Professor de Histórias em Quadrinhos no Instituto dos Quadrinhos desde 2003, Roberto de Souza lançou em 2011 “O Caminho”, uma hq independente de caráter cristão. Souza também trabalha com a revista especializada em quadrinhos “Mundo dos Super-Heróis”, fazendo a avaliação do portfólio de desenhistas iniciantes.
Thiago Ribeiro – Colorista, 29 anos, reside em São Bernardo do Campo -SP, agenciado pela Impacto Quadrinhos; Designer de formação, mas nunca atuou na área; trabalhou com ilustrações para livros didáticos e paradidáticos por três anos e desde o fim de 2011 trabalha como colorista de quadrinhos pro mercado nacional e internacional, colorindo capas para o Brasil, EUA e Europa, participando de títulos como: Red Sonja, Queen Sonja, Danger Girl and Army of darkness, Green Hornet Bionic Man entre outros para Dynamite Entertainment. É membro da Supernova Produções, ajudando a desenvolver séries como Anarquia, Arkanus, Os Bandeirantes e Cosmos.
Vencys Lao – Estudou Ilustração de Mercado na Pandora Escola de Arte em Campinas e Animação Tradicional na Art Academia em São Paulo. Alterna suas atividades entre a Split Films, criando personagens e conceitos, com seus trabalhos autorais, como a HQ independente Dia do Porko. Colaborou com quadrinhos independentes na Inglaterra e na Rússia. Tem trabalhos publicados na área editorial em revistas e livros infantis.
Victor Freundt – Ilustrador e professor de Histórias em Quadrinhos da Escola Oficina de Santos com trabalhos publicados nas revistas “MAD”, “Mundo Canibal” e “Mundo Estranho”, Victor Freundt produz histórias em quadrinhos em parceria com o roteirista Bruno Bispo sob o selo BispoFreundt desde 2009, passando por revistas como: “Subversos”, “Projeto Zona” e “A3”. Em 2013 foram indicados ao prêmio Central Comix (Portugal) na categoria “Melhor Obra Curta” com a HQ “TAO”. Junto à equipe da MKT Virtual, trabalhou com o concept art do Game “Fruits N’Tails” que ganhou o prêmio Brio 2013. E também com a equipe da MKT fez o concept art da animação do clipe do músico Pélico, com a canção “Levarei”, ganhadora do prêmio de menção honrosa de melhor vídeo clipe do Curta Santos.
Wellington Diaz – Diaz começou sua carreira de desenhista e arte-finalista trabalhando nos departamentos de quadrinhos e animação dos Estúdios Maurício de Souza, e durante um período trabalhou para o mercado americano de quadrinhos, tanto em editoras independentes como a Chaos! (“Pandemonium”, “Lady Death”, “Evil Ernie”) e Dynamic Forces (“Man With no Name”) quantos em editoras consagradas como a Marvel (“The Beast”, “X-Man”, “Uncanny X-Men”, “Nova: Knowhere”, etc.) e DC Comics (“Justice League Unlimited”, “Superman Returns: Lois Lane”, “Wonder Woman”). Nos dias de hoje, ele é um dos responsáveis pela arte da Turma da Mônica Jovem, um dos quadrinhos mais vendidos do Brasil, e também da nova revista da Tina.
Will Sideralman – Atua como designer gráfico e em 2004 foi um dos responsáveis pela criação do fanzine “Subterrâneo”, onde lançou Sideralman, o seu personagem mais famoso. Durante a sua carreira publicou o seu material em várias publicações independentes (JAM, A3, Garagem Hermética, etc.), além de ser um dos artistas convidados da coletânea MSP+50, que reúne histórias da Turma da Mônica produzidas por vários artistas nacionais. Tal produtividade fez com que no transcorrer dos anos ele fosse agraciado com o Troféu HQMIX em 2007 (na categoria “Prozine”, com “A Mosca no Copo de Vidro”) e em 2012 (na categoria “Publicação Independente em Edição Única”, com “O Louco, a Caixa e o Homem”). De 2011 a 2013 publicou seus trabalhos na Editora Nemo, com especial destaque para aventuras do Capitão Nemo (personagem clássico de Julio Verne) em parceria com Daniel Esteves, João Marcos e Lillo Parra, e atualmente atua junto ao coletivo de quadrinistas “Petisco” (que lança seu material na internet) e junto o roteirista Cadu Simões publica na web as aventuras conjuntas de Sideralman com o Homem-Grilo, famoso personagem criado por Simões.
Zé Márcio Nicolosi – Discípulo do grande quadrinista luso-brasileiro Jayme Cortez, nos anos setenta Zé Márcio Nicolosi iniciou a sua longa relação profissional com o Estúdio Mauricio de Sousa, desenhando várias histórias da Turma da Mônica. Por lá, ele também enveredou pela de Animação, se transformando em uma das principais referências brasileiras da área. Ainda como quadrinista, Nicolosi lançou “Fetichast – Províncias do Desejo” e “Fetichast – Províncias dos Cruzados”, duas das principais graphics novels já produzidas no Brasil.

SERVIÇO Evento: SANTOS COMIC EXPO 2014
Data: 22 de novembro
Horário: das 10h às 20h
Local: Centro de Cultura Patrícia Galvão – Av. Senador Pinheiro Machado, 48 – Vila Mathias, Santos – SP
A entrada é GRATUITA.

Tags , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.